Reposição hormonal na menopausa aumenta risco de perda auditiva

Estudo realizado pelo Brigham and Women’s Hospital in Boston (Massachusetts, EUA) examinou 80.792 mulheres no período pós-menopausa e constatou que mulheres que se submetem ao tratamento de reposição hormonal para lidar com a menopausa têm 21% maior risco  de ter perda auditiva.

Usado para combater os sintomas desconfortáveis da menopausa, como ondas de calor, enxaqueca, interrupção do sono e mudança de humor, devido a queda do nível de hormônios produzidos pelo corpo, o tratamento de reposição hormonal, normalmente inclui em sua composição o hormônio sexual feminino, estrogênio, e progesterona. Segundo os pesquisadores, os riscos de deficiência auditiva aumentaram 15% após 5 anos de uso do hormônio à base de comprimido.

O motivo pelo qual ao tratamento de reposição  hormonal causa deficiência auditiva ainda não é conhecido. No entanto,  os pesquisadores suspeitam que o aumento do hormônio pode interromper a recepção do estrogênio nas células ciliadas do ouvido, as quais são responsáveis de captar o som e levar para o cérebro.

 

Fonte: Hear-it

Dia mundial do audiologista
Dia Nacional do Surdo
The following two tabs change content below.

Juliana Tavares

Juliana Tavares é jornalista, empreendedora, editora de conteúdo e diretora de atendimento da j2 Comunicação. É, ainda, colaboradora da Eaxdesign, em portais de negócios, comportamento, inclusão social e turismo.

Últimos artigos por Juliana Tavares (Ver todos)

 
 

Sobre nós


O portal Deficiência Auditiva foi idealizado por uma equipe de profissionais preocupada em alertar a população sobre aspectos relacionados à deficiência auditiva.

Nossas Rede Sociais